Tuesday, February 09th, 2010 | Author:

Plantas orquideas

Mas a árvore nada respondia e a jovem ficou ali por muito tempo.
Uma manhã passou por ali um gênio que se compadeceu da sua dor. Acercando-se dela, pôs-lhe um dedo na testa e disse:
“Mulher, procedeste muito mal. Foste volúvel até a crueldade e ingrata até a malvadez. Mas a sua dor purificou tua alma. Estás perdoada, e deixarás de sofrer. Antes que a bruxa venha buscar a tua alma, vou transformar-te numa flor.

Você pode acompanhar os comentários desse post através do RSS 2.0 feed. Você pode ou mandar um, or trackback do seu site pra cá.
Deixe um comentário » Log in