Saturday, April 23rd, 2011 | Author:

Cabe aos interessados em adentrar no mundo da arte floral exigir dos dirigentes o currículo do profissional que ministrará  o curso e, principalmente, procurar referências de ex-alunos formados por tal profissional. São inúmeras as pessoas que me ligam decepcionadas com cursos pessimamente realizados e com a falta de materiais para o trabalho de confecção dos arranjos (esse é o item de maior reclamação).
Peço às pessoas que se sentirem lesadas, em cursos mal dirigidos, que denunciem o profissional à direção da Academia Brasileira de Artistas Florais (Abaf), para que essa instituição, por meio de seus profissionais competentes, possa convidar tal instrutor a fazer uma reciclagem ou até mesmo a se tornar um profissional antes de se colocar como instrutor no mercado de arte floral.

Você pode acompanhar os comentários desse post através do RSS 2.0 feed. Você pode ou mandar um, or trackback do seu site pra cá.
Deixe um comentário » Log in