Monday, January 09th, 2012 | Author:

Em arranjos, maciços ou bordaduras, a cravina chama a atenção pela delicadeza e diversidade de cores.

Originária da China, a cravina é uma herbácea que pertence à família das Cariofiláceas. Seu porte é pequeno, chegando a atingir cerca de 40 centímetros de altura quando adulta. Cientificamente é conhecida pelo nome de Dian-thus chinensis.
Bastante resistente, esta espécie prefere climas frios e floresce entre os períodos de inverno e primavera. Suas folhas de coloração verde-intenso são lanceoladas, enquanto as flores isoladas apresentam coloração variada, sendo que as mais comuns são vermelho, diferentes tons de rosa, lilás, branco e bicolores.
Dicas de cultivo
A cravina pode se cultivada através de sementes ou estaquia de galhos. O outono é a época ideal para a sua propagação, já que assim podem florescer entre o inverno e a primavera.
Para o seu cultivo, o solo deve ser afofado e possuir boa drenagem. Além disso, é fundamental que seja rico em matéria orgânica. Em jardins externos, de preferência localizados em áreas ensolaradas, a cravina apresenta melhor desenvolvimento.
Principais cuidados
Por se tratar de uma espécie bastante rústica, os cuidados necessários com a cravina são bem simples. As regas podem ser feitas três vezes por semana em períodos de verão e apenas uma vez em épocas mais frias. No entanto, em regiões de clima muito quente, o número de regas semanais deve ser dobrado.
Em relação à poda, o método utilizado é aquele que retira somente o broto central, e deve ser realizada sempre após a floração. Flores secas e doentes devem ser retiradas diariamente. Já a adu-bação, pode ser realizada uma vez por ano com produtos naturais do tipo adubo orgânico e húmus de minhoca.

Cores: branca, laranja, vários tons de rosa e vermelho Cuidados: eliminar as flores secas e doentes constantemente Floração: ocorre geralmente entre o inverno e a primavera Luz: prefere ambientes externos e ensolarados, exigindo muita luz para que possa florescer
Água: as regas devem ser realizadas três vezes por semana em épocas quentes e apenas uma vez no inverno
Temperatura: de 10°C a 30°C

Categoría: Cravos flores
Você pode acompanhar os comentários desse post através do RSS 2.0 feed. Você pode ou mandar um, or trackback do seu site pra cá.
Deixe um comentário » Log in