Thursday, November 22nd, 2012 | Author:

Cenário Revitalizado:

O prédio antigo, localizado no bairro paulistano da Bela Vista, passava por reforma para valorizar as áreas comuns do condomínio, e o paisagismo do corredor era considerado prioridade. Contratada para recriar o jardim, a arquiteta e paisagista Juliana Freitas topou o desafio de valorizar esse espaço de 4 m x 15 m, que é uma passagem que se estende por toda a entrada social do edifício e constitui o saguão principal dos moradores para acesso aos elevadores. “Procurei criar um jardim que não confrontasse com as linhas da arquitetura modernista”, diz a paisagista, justificando que as espécies escolhidas têm formatos, cores e volumes diferentes, consideradas ideais para o estilo moderno, além de se adaptarem muito bem ao clima. O paisagismo priorizou a praticidade e a ornamentação, valorizando o espaço com plantas ornamentais, porém resistentes e de fácil manutenção. Assim, foram utilizadas espécies como bambu-mos-sô torto (Phyllostachys edulis), pândano (Pandanus utilis), agave (Agave angustifolia), bromélia-imperial (Alcantarea irnperialis), gravatinha (Chlorophytum comosum), fór-mio-rubro (Phormium tenax sp) e russélia (Russelia equisetiformis). “Fiz uma espécie de cenário para ser visto ao longo de todo o corredor”, destaca Juliana. As antigas jardineiras descobertas em toda a lateral do corredor, no recuo do edifício, já sem flores e terra e em mau estado de conservação, receberam reparos de pedra goiás e pontos de energia para a instalação das luminárias. Segundo a arquiteta, como as jardineiras apresentavam ralos para escoamento da água, não foram necessárias grandes reformas antes da implantação.

Você pode acompanhar os comentários desse post através do RSS 2.0 feed. Você pode ou mandar um, or trackback do seu site pra cá.
Deixe um comentário » Log in