Arquivado em la Categoría » Arranjos de flores artificiais «

Monday, April 22nd, 2013 | Author:

De flor já sabemos que você gosta. Agora, se a sua preferência é pelas coloridas, aí vai uma dica bastante interessante. Um arranjo com diferentes espécies, cores e texturas, que funciona como minijardim em vaso!

MATERIAL:
• 1 ânfora de ferro (suporte)
• 1 esponja ou flora T4
• Alicate para corte das plantas
• 1 maço de pitósporo
• 1 maço de agapanto
• .1 maço de tizel
• 2 maços de asclépia
• 1 dúzia de rosas vermelhas
• Antúrios vermelhos e brancos
• 1 papiro
• Folhas de fórmio

PASSO A PASSO
Inicie o arranjo colocando o floral, já umedecido e cortado, num formato que acomode melhor dentro da ânfora. Lembre-se de que o desenho do floral sempre fica para cima.
Em seguida, comece a introduzir o pitósporo, de modo que um galho esteja próximo ao outro. Veja na foto.
Cubra o floral com o pitósporo, até que toda a base esteja completa.
Agora, insira as duas folhas de fórmio no centro da esponja.
Em seguida, insira o papiro assimetricamente. Com o próprio caule cortado, aproveite para dar um efeito diferente no arranjo. Coloque várias hastes juntas ao conjunto. Em seguida, distribua o agapanto.
Distribua as asclépias por todo o floral. Note que o arranjo vai se tornando harmonioso e colorido.
Em seguida, um a um, finque o tizel.
Agora, vamos trabalhar com o antúrio. Comece com os de cor vermelha e disponha-os de forma harmônica. Os antúrios de cor branca devem ser fincados no lado oposto aos de cor vermelha.
Finalize com as rosas vermelhas, o que vai dar uma vida especial em todo o arranjo.

Thursday, May 17th, 2012 | Author:

A NOVA COLEÇÃO de arranjos da flower designer carioca Luciana King é no mínimo bastante diferente. Inspirada no mobiliário residencial, a artista desenhou miniestruturas em ferro oxidado em forma de cama, mesa, cadeira, bancos, espreguiçadeiras e outros objetos, para substituir os tradicionais vasos e cachepôs. Nessas estruturas, repousam pequenas rosas desidratadas, das mais diversas cores.

Friday, May 11th, 2012 | Author:

Em formato grande e com capa dura, o livro é um guia com dicas para a realização de mais de 80 diferentes arranjos florais, divididos em clássicos e contemporâneos. A artista dá dicas técnicas de manutenção, materiais e traz ainda as suas flores favoritas em fotos coloridas. A obra é recomendada mesmo para os que não lêem em inglês, já que as belíssimas imagens falam por si.

Friday, April 08th, 2011 | Author:

Fazer arranjos de rosas

Na seqüência, coloque as rosas brancas para iluminar. As rosas foram espalhadas sobre o arranjo destacando-se das folhagens. Acrescente as callas, que formam saídas devido ao formato. Para melhor fixação das callas, introduza em sua haste um palito de madeira, que ajuda no momento de espetar na espuma floral. Complemente com o goivo. A alstrocméria entra na composição para criar volume e completar a linha formada. Coloque a orquídea em agrupamento próximo ao ponto focai. Insira o ornitogalo para assentar a composição, já que 6 uma flor redonda.

Wednesday, April 06th, 2011 | Author:

Fazer arranjo floral

Forre a caixa com celofáne. Acondicione a espuma floral molhada e insira a barba-de-bode. Feche a tampa parcialmente a fim de obter o espaço que o arranjo pode ocupar. Para a cobertura de base, coloque aspargo miriocladus. Introduza-o em toda a parte do fundo da caixa. Fixe o evònimo, em uma altura um pouco maior que o aspargo. A combinação das folhagens permite a maior valorização da cobertura de base através do contraste de texturas. Insira algumas hastes de rúscus e os cachos de uva distribuídos sobre as folhagens. Para a fixação das uvas, use palitos de madeira.
DICA: PARA MELHOR FIXAÇÃO DE HASTES MUITO FLEXÍVEIS OU MESMO DE ELEMENTOS NÃO FLORAIS, UTILIZE UM PALITO DE MADEIRA, COMO OS DE CHURRASCO.

Friday, February 18th, 2011 | Author:

Exemplos de arranjos florais

Tradição significa, entre outras definições apontadas por dicionários, recordação, memória, transmissão de valores através de gerações. Na arte floral, são considerados estilos tradicionais de design: o Biedermeier; o Miller de Fleur; o Cascata e o Fênix. Ao longo do tempo, esses estilos se consolidaram e hoje podem ser considerados clássicos.
Nesta primeira reportagem da série Tradição, a artista floral Lco Mendes, de Campinas, SP, elaborou quatro exemplos de arranjos florais em estilo cascata. Acredita-se que tenha surgido no começo do século XX e que seu nome seja inspirado no fluxo que as flores e folhagens que o compõem criam, assemelhando-se a. uma queda d’água. “Deve ter sido inspirado em uma cachoeira”, acredita Lco.
O estilo cascata já foi muito usado em buquês de noivas e hoje é requisitado para centros de mesa, elaborado cm vasos altos, por exemplo, mas é um estilo que cabe nas diversas ocasiões e ambientes. “Nada impede que o cascata, mesmo sendo um estilo clássico, esteja inserido em decorações modernas, num ambiente arrojado, mostrando contraste”, salienta a artista floral. “Ele cabe até sobre uma urna funerária, onde poderá dar vida e movimento ao ambiente”, elucida.

Saturday, January 22nd, 2011 | Author:

Decoração arranjos florais

Arranjo: minibuquê formal.
Materiais: base de sacola de juta, fita kraft, papel sujinho e polidecorado.
Flores e folhagens: rosa, alstroeméria, solidago Solidaster, minieucalipto e hera estrela.

Tuesday, January 18th, 2011 | Author:

Floristas famosos

PROFISSÃO AMADA.
Mas entre tantas atividades, é nítida a paixão de Claudia pelo ramo floral. “O contato com as flores aconteceu naturalmente na minha vida. Sentia-me atraída desde criança. Gostava de apreciar a natureza. Os cursos vieram sem grandes pretensões. Eu queria apenas crescimento pessoal, mas comecei a mostrar o que fazia aos amigos e, quando percebi que estes ajudavam a despertar a criatividade dos floristas, percebi que poderia ser útil. Então comecei a dar cursos sempre cm parceria com empresas c profissionais da área”, explica.
Sobre sua classe, Claudia pensa que a Abaf c um sonho dessa família floral, uma conquista muito importante para os floristas que procuram valorizar e qualificar os profissionais cm todo o território nacional. “Representa a união de uma classe, que luta pela valorização da arte floral brasileira.” Para aqueles que pensam em fazer a prova da Abaf, ela indica ter como objetivo ser um floris-ta profissional, querer lutar pelos ideais da Academia e adquirir conhecimento das técnicas.

Monday, January 17th, 2011 | Author:

Arranjos com flores naturais

Arranjo: conjunto de flores em vaso.
Materiais: base de sisal colorido, papel sujinho, ráfia e fita TNT .
Flores e folhagens: vaso de lírio e calandiva.
A artista floral junto de seus amigos Alfredo Tilli e Leonardo Bione; em seguida, como primeira-dama de Cambará, PR, junto de seus colegas, em exposição da cidade; e da esquerda para a direita, Paulo Perissoto, Deborah De Ia Flor, Alfredo Tilli, Wilma Beloto e Claudia Batista.

Sunday, January 16th, 2011 | Author:

Decoração arranjos florais

Arranjo: buquê formal .
Materiais: papel kraft, tela decorativa e fita de voile.
Flores e folhagens: lisiantos, flores do campo e samambaia.
“AS FLQRES ME ENCANTAM COM SUA BELEZA E VITALIDADE E ESTÃO SEMPRE PRESENTES EM TODAS AS EMOÇÕES DA VIDA, SEJAM ALEGRES OU TRISTES.”