Arquivado em la Categoría » Jardins floridos «

Monday, August 19th, 2013 | Author:

Já no piso inferior, na varanda da sala de visitas, a paisagista criou um jardim suspenso, com elementos característicos da cultura oriental, como o Tsukubay. Tratase de uma espécie de cuba com textura e formato de pedra que possui uma bica d’água em bambu. “O som da água é um convite à meditação.”

Sunday, October 21st, 2012 | Author:

Áreas de lazer inegradas ao jardim ganham destaque com iluminação especial.

No jardim da fachada principal, palmeira-fenix (Phoenix roebeimii), impatiens (Impatiens sp) e moreias (Dietes bicoior) para compor a area verde.

Publicado em: Jardins floridos  | Tags:  | Deixe um comentário
Monday, September 17th, 2012 | Author:

Lago de água doce com espécies aquáticas e espelho de água do mar, numa disposição que lembra as palafitas com bases submersas das regiões ribeirinhas da Amazônia.

Publicado em: Jardins floridos  | Tags:  | Deixe um comentário
Tuesday, September 11th, 2012 | Author:

A REFORMA FOI GRANDE, MAS O RESULTADO SE HARMONIZOU COM A IDADE E O ESTILO DO QUE HAVIA ANTES.

Desafio numero 1 Transformar um antigo jardim e um terreiro de café em uma área com piscina e churrasqueira. Desafio número 2: fazer com que os novos espaços não parecessem novos, ou seja, construir algo novo com aspecto de ter sido construído há 50 anos. Terceiro desafio: unir as exigências de modernidade dos clientes (churrasqueira, iluminação etc.) ao pedido dos mesmos por rusticidade.
Quem encarou todos eles foi o arquiteto-paisagista Roberto Riscala. O profissional concebeu e acompanhou toda a execução do projeto desta casa de campo na região de Cabreúva, SP.

Wednesday, April 21st, 2010 | Author:

Jardim de orquideas

Tinha olhar penetrante em se tratando de orquídeas, pois suas flores tinham que ser reproduzidas com meticulosa exatidão, por serem usadas para comparação.

Sunday, November 15th, 2009 | Author:

Projetos de jardins

Agora, que você já domina os princípios básicos da combinação de cores no jardim, mãos à obra. Só não vá esquecer, na hora do planejamento, que cada planta tem seu próprio período de florescimento, e que você só obtém os efeitos das combinações desejadas, se o florescimento das espécies em jogo, for simultâneo.

Saturday, November 14th, 2009 | Author:

Jardins floridos

O Nos jardins policromáticos, o melhor seria seguir, no arranjo das plantas, a seqüência de cores do Disco. Os resultados seriam ainda mais satisfatórios
Mas isso, evidentemente, não pode ser considerado uma camisa de força. E apenas uma orientação que tende a assegurar resultados satisfatórios. Cabe a você, conhecendo as regras, quebrá-las. E isso, aliás, que dá o toque de genialidade às artes.