Tag-Archivo para » Cultivo de bonsai «

Friday, September 24th, 2010 | Author:

Como cultivar um bonsai

Caso opte-se pela transformação de um exemplar de azaléia já adulto em bonsai, a poda drástica será necessária. “A planta ficará um pouco debilitada e, por isso, deve permanecer em meia sombra”, acrescenta Marli. Quando houver necessidade de podar a raiz, após a floração, o bonsai deve ficar sem adubo e à meia-sombra por um mês. “A azaléia floresce o ano todo, mas a floração mais intensa é no período final do Inverno. Na Primavera, após a florada, aproveita-se para podar a parte aérea e, se houver necessidade, é feita também a poda das raízes. Caso não seja necessário, a planta deve ser adubada após a florada”, complementa Marli. Segundo ela, a azaléia é cultivada, necessariamente, em solos ácidos e ricos em húmus. “O ideal é plantá-la em um substrato feito com uma parte de areia, uma de pó de xaxim (espécie ameaçada de extinção) e outra de terra preta”.
Quanto à adubação, Antakly alerta que ela não pode conter ferro e diz haver, no exterior, adubos feitos especialmente para a planta. “O período ideal para a adubação é de setembro a maio. Caso o bonsaísta deseje que sua planta cresça, o nitrogênio deve vir em maior proporção. Se o bonsai já estiver formado, dá-se mais fósforo, pois contribui na floração”.

Thursday, September 09th, 2010 | Author:

Sobre o cultivo de bonsai

Inauguramos este espaço para promover um intercâmbio de conhecimentos. Aqui, os leitores poderão tirar dúvidas sobre o cultivo de bonsai, sugerir matérias, fazer críticas ou elogios às reportagens e ainda divulgar fotos de seus bonsai. Está aberto mais um canal para que os admiradores dessa arte milenar possam interagir, trocar experiências e compartilhar conhecimentos.
Gostaria de parabenizá-los pelo grande trabalho realizado na primeira edição da Como Cultivar Bonsai. Esta arte milenar conta com muitos adeptos, tanto especialistas como amadores (que é meu caso, que cultivo uma coleção de 30 peças como hobby). A revista é uma grande ferramenta de ajuda, já que eu moro em uma região onde a prática não é tão difundida por se tratar de uma pequena cidade de interior. Acredito que vocês terão grande êxito com esta publicação, principalmente porque todas as matérias são nacionais, já que as outras revistas especializadas a que temos acesso são quase 100% internacionais. Espero que continuem com a publicação, pois só assim teremos um maior público interessado pela arte e, com certeza, nós, os apaixonados por bonsai, teremos uma grande fonte de inspiração.”