Tag-Archivo para » flores orquideas «

Saturday, February 05th, 2011 | Author:

Orquídeas brancas

O contraste das orquídeas brancas e dos fios no mesmo tom, com o vaso de cerâmica preto e a estrutura de vime fazem o arranjo do empresário gaúcho ficar mais sóbrio e elegante.

Thursday, July 15th, 2010 | Author:

Folhas das orquídeas

Folhas:
As folhas das orquídeas apresentam grande variedade. Existem folhas laminadas, de consistência coriácea (ligeiramente semelhante à consistência do couro), que armazenam água. Outras de folhas finas (como as Miltonias e alguns Oncidiuns) bastante sensíveis. Outras folhas, ainda, são caducas e caem quando o pseudobul-bo completa o seu ciclo vegetativo (Cata-setuns e Dendrobiuns do grupo Nobile). A folha é uma defesa da planta contra o excesso de transpira-ção, evitando perda de água e proporcionando maior resistência à seca.
Pelo colorido das folhas podemos saber se as plantas estão recebendo luminosidade adequada. Quando amarelas ou amareladas, é sinal de que estão sendo cultivadas com muita luz. Se estiverem de cor verde escuro, falta luminosidade para a planta. Mais sobre plantas medicinais entra en este site.
As folhas devem ser mantidas sempre bem limpas para poderem respirar através dos estômatos que se alojam no seu verso.
Cuidado para não expor as plantas em pleno sol, pois a queimadura das folhas produz zonas necrosadas irreversíveis e que servem como uma porta aberta para as pragas e doenças.

Wednesday, February 24th, 2010 | Author:

Flores orquídeas

O interesse botânico pelas flores orquídeas progrediu paulatinamente, tomando grande impulso e conquistando maiores conhecimentos com a invenção do microscópio com lentes acromáticas, por Chestermoor Hall, em 1729. A taxonomia e a fisiologia das plantas teriam progredido muito pouco depois do princípio do século XVIII.

Wednesday, February 10th, 2010 | Author:

Flores orquideas

Ficarás sendo, no entanto, uma flores orquideas esquisita e requintada, que dê a impressão do que foi a tua vida maldosa. Quem vir as tuas pétalas facilmente adivinhará o que foi o teu espírito, caprichoso, volúvel e cruel, constantemente preocupado com a elegância. Concedo-te um bem: não te separarás do bem que adoras e viverás da sua seiva, parasita do teu amado.