Tag-Archivo para » papeis de parede verdes «

Tuesday, May 28th, 2013 | Author:

Aqui quem manda é o verde:
Projeto de Benedito Abbud na Serra da Cantareira integra tonalidades de verde em volta da mata nativa.

Já não é novidade que a capital paulista reserva muitas surpresas aos amantes do verde. Bem próxima do cenário de concreto da metrópole, a Serra da Cantareira mantém um trecho de um dos ecossistemas mais fascinantes do planeta – a Mata Atlântica – que resiste graças à criação de uma unidade de conservação na área. Nesta casa de 900 m2, o arquiteto e paisagista Benedito Abbud criou nuances de verde nos jardins, marcadas apenas por pequenos pontos coloridos, garantidos pelo cultivo de flores vermelhas no espaço. O autor explica que o vermelho, além de pontuar, cria um atrativo a mais.
Para proporcionar uma perfeita integração dos ambientes internos e externos – desejo dos proprietários -, o paisagismo acompanha as linhas contemporâneas da arquitetura que oferece muitas janelas e paredes de vidro, capturando o visual dos jardins e da área de lazer para dentro da residência. A iluminação artificial dos jardins é mínima e aparece somente em locais específicos, como, por exemplo, na entrada da casa e nas plantas escultóricas. “Isso porque a iluminação do ambiente interno vaza para o exterior por meio dos vidros e ilumina o conjunto”, justifica Abbud.

Uma das particularidades do projeto é o aproveitamento total do terreno, com jardins de diferentes níveis que desenham curvas ao longo de toda a propriedade. O charme fica por conta dos caminhos de pedras e ambientes de estar, dispostos em pontos estratégicos – seja para desfrutar da piscina, admirar o espelho dágua com cascatas ou mesmo apenas para contemplar o visual da cidade. Com estudos iniciais desenvolvidos em conjunto com a arquitetura, o projeto paisagístico manteve algumas árvores nativas da Serra da Cantareira e novas espécies foram introduzidas para aumentar o número e a quantidade de espécies. Para não destoar da vegetação típica e, ao mesmo tempo, ampliar as linhas divisórias da propriedade, as escolhas incluíram certas variedades de palmeiras-pinangas (Pinanga coronata) e ráfis (Rhapis excelsa), além de ixoras (Ixora chinensis), bromélias-imperiais (Alcantarea imperialis) e ciclantus (Cyclantus sp.). Segundo Abbud, nos jardins se destaca a mescla de diversas espécies vegetais, com formas, tamanhos e texturas diferentes, mas todas em tons verdes, já que esta é a cor que identifica todo o projeto. “O resultado é uma paisagem sem limites, com excelente conforto visual para aqueles que contemplam a cidade de São Paulo do alto da Cantareira”, diz o experiente profissional.