Arquivado em la Categoría » Cursos de bonsai «

Thursday, November 25th, 2010 | Author:

Bonsai jabuticabeira hibrida

JABUTICABEIRA HÍBRIDA:
Nome científico: Myrciaria cauliflora.
Origem: Brasil.
Idade: 17 anos.
Estilo: Lirerati (livre).
Ah ura: 50cm.
Largura do tronco: 5cm.
Luminosidade: Pleno sol.
Proprietário: Renato Bocabello.

Wednesday, November 24th, 2010 | Author:

Bonsai esponjinha ou caliandra

ESPONJINHA OU CALIANDRA:
Nome científico: Calliandra brevipes.
Origem: Brasil.
Idade: 40 anos.
Estilo: Sekijoju (raiz sobre rocha).
Altura: 40cm.
Largura do tronco: 3cm.
Luminosidade: Pleno sol.
Proprietário: Renato Bocabello.

Tuesday, November 23rd, 2010 | Author:

Bonsai jabuticabeira

JABUTICABEIRA:
Nome científico: Myrciaria cauliílora.
Origem: Brasil.
Idade: 18 anos.
Estilo: Hokidashi (vassoura).
Altura: 70cm.
Largura do tronco: 6cm.
Luminosidade: Pleno sol.
Proprietário: Sérgio Siqueira.

Monday, November 22nd, 2010 | Author:

Bonsai caliandra branca

CALIANDRA-BRANCA:
Nome científico: Calliandra haematocephala ‘Alba’. Origem: Brasil. Idade: 19 anos.
Estilo: Shakan (tronco inclinado).
Altura: 42cm.
Largnni do tronco: 6cm.
Luminosidade: Pleno sol.
Proprietário: Sérgio Siqueira.

Sunday, November 21st, 2010 | Author:

Bonsai junipero

JUNIPERO:
Nome científico: Junipenis chinensis var. sargcntii.
Origem: Brasil.
Idade: 20 anos.
Lstilo: Neagari (raiz exposta).
Altura: 28cm.
Largura do tronco: 8cm.
Luminosidade: Pleno sol.
Proprietário: Sérgio Siqueira.
Mais tipos de bonsai veja jardines.

Saturday, November 20th, 2010 | Author:

Bonsai ulmus

ULMUS:
Nome científico: Ulmus parvifolia.
Origem: Brasil.
Idade: 30 anos.
Estilo: Bunjingi (minimalista).
Altura: 66cm.
Largura do tronco: 10cm.
Luminosidade: Pleno sol.
Proprietário: Sérgio Siqueira.
Outras plantas medicinais entra no site.

Friday, November 19th, 2010 | Author:

Ficus australiano

FICUS AUSTRALIANO.
Nome científico: Ficus macrophylla.
Origem: Brasil .
Idade: 7 anos.
Estilo: Ilan-kengai (queda parcial).
Altura: 19cm Largura do tronco: 4cm.
Luminosidade: Pleno sol.
Proprietário: Renato Bocabello.

Thursday, November 04th, 2010 | Author:

melhores bonsai

Os três melhores trabalhos, julgados por 12 professores, receberam prêmios em dinheiro, que poderiam ser trocados por plantas, ferramentas ou insumos. O primeiro colocado ainda garantiu um lugar entre as feras: irá fazer uma demonstração no encontro de 2010.
Se por um lado a vantagem é a descoberta de novos multiplicadores da arte, por outro, há a troca de experiências e conhecimentos, mesmo entre os professores. A diversidade de vivências dos artistas explica esse aprendizado constante, salientado por Bocabello como um dos principais motivos que levam tantas pessoas a Mandaguari. “Como o evento atrai participantes de todo o Brasil e do exterior, sempre há novas técnicas para serem divulgadas. Em cada demonstração, acabo absorvendo uma ou outra característica de quem está se apresentando”, diz.

Wednesday, November 03rd, 2010 | Author:

Encontros de bonsaistas

Colocando a mão na massa.
Workshops de cultivo também estavam na programação do encontro. Este ano, a organização inovou ao optar pelo curso simultâneo. “Dispusemos cadeiras por todo o galpão c deixamos a cargo dos alunos a escolha dos professores, de acordo com a espécie que desejassem trabalhar. Essa foi a melhor experiência que tivemos desde o primeiro encontro”, comemora Romagnole. Segundo ele, apesar de ser um trabalho conjunto com o professor, é o aluno que faz a planta.
Um dos pontos altos do encontro foi o concurso de novos talentos, realizado pela primeira vez. Cada participante recebia uma planta e a trabalhava em um espaço separado e vigiado por fiscais. Como em uma prova, não era permitida a troca de infonnações. “Esse concurso foi uma grata surpresa, pois descobrimos muitos iniciantes com potencial para professores”, defende o organizador.

Tuesday, November 02nd, 2010 | Author:

Bonsaístas

Apesar de admirar as técnicas de todos os professores, Bocabello conta que se identificou com os trabalhos çm madeira do francês Thicrry Pont. “Ele tem grande experiência com juníperos e coníferas em geral, espécies que eu gosto muito de trabalhar”, explica. Para Bocabello, outro destaque no encontro c poder reencontrar o bonsaísta Massaru Takeshima, de Londrina, PR “Mesmo não tendo mais condições de fazer demonstrações, por causa da idade, todos os anos ele está por lá, acompanhando os trabalhos e dando clicas para professores e alunos. É uma das minhas principais referências do evento e na minha formação como bonsaísta“, afirma.